Quer mais? Pesquise aqui!

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Usamos somente 2%, 5%, 10% ou 20% do cérebro?

É muito comum ouvir por ai isso não é mesmo? Que utilizamos somente uns 10% do cérebro.
Ai aparece aquelas opiniões científicas mostrando que isso não passa de uma falácia, que usamos 100% do nosso cérebro, em exames cerebrais isso fica claro quando se pode ver as mais diversas áreas do cérebro ativas.
Bom, e está certo, usamos 100% do nosso cérebro, não existem áreas inativas e ponto final, nisso não tem o que se discutir.
Agora na ânsia de responder isso muitos se esquecem que cérebro é confundindo com capacidade mental, intelectual, QI, por isso o assunto morre rápido.
Vou explicar melhor.
Quando se fala que usamos pouco nosso cérebro, o que a pessoa que diz isso quer dizer é que na verdade não utilizamos tanto nossas potencialidades mentais, intelectuais. Você nunca viu pessoas que tem um raciocínio matemático muito rápido, pessoas que tem uma memória incrível, gente que pode calcular o número PI de cabeça com diversas casas decimais?
Pessoas que tem uma enorme facilidade em aprender novos movimentos, cantar, dançar, interpretar. Pessoas que tem um facilidade incrível para escrever, para se expressar.
E o que dizer de pessoas que acabam tendo várias dessas habilidades?
E aquelas pessoas que não chegam a nada disso, que são péssimas em matemática mas excelente em português por exemplo ou pessoas que são excelentes nos dois.

É esse tipo de interpretação que devemos ter quando alguém diz que usamos por exemplo somente 20% do nosso cérebro, esse não há como contestar.
O que leva por exemplo uma pessoa ser excelente em desenhos, tem gente até capaz de reproduzir imagens de memória como se estivesse olhando para uma fotografia.
Essas habilidades podem ser desenvolvidas mediante treinamento? A de desenho sim mas e por exemplo o fato de ter uma memória quase fotográfica? Isso estou tentando descobrir.

Como vê a frase: "Usamos somente 10% do nosso cérebro" deveria ser mudada para "Usamos uma ínfima parte de nossas capacidades mentais, intelectuais" pois como viu, algumas podem mais que outras e essas que podem mais, mostram justamente até onde vai os limites da nossa mente para raciocinar, lembrar.

4 comentários:

  1. Pessoas com alta capacidade aprendizagem ... usam 100% do QI

    ResponderExcluir
  2. Assistam ao filme "Sem Limites", é interessante.

    ResponderExcluir